Violência aumenta e 4º prefeito é assassinado em pouco mais de um mês

Atiradores mataram na noite de quinta-feira Prisciliano Rodríguez Salinas, prefeito da cidade Doctor González, no Estado de Nuevo Léon. Foi o quarto prefeito a ser assassinado no México em pouco mais de um mês. Rodríguez Salinas foi morto com sete tiros após sofrer uma emboscada na porta de sua casa. Por causa do aumento da violência relacionada à luta entre cartéis do narcotráfico, está sendo montado um forte esquema de segurança para a cerimônia de posse do prefeito eleito de Ciudad Juárez, Héctor Murguía Lardizábal. Pelo menos oito filtros de segurança foram criados para o evento, no dia 10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.