Violência cria 'cidade-fantasma' na Síria

Conflito armado espantou cerca de 90% da população de povoado próximo a Aleppo.

BBC Brasil, BBC

07 de agosto de 2012 | 10h03

No povoado de Atarib, próximo de Aleppo, na Síria, cerca de 90% dos moradores fugiu da violência.

Com o agravamento do conflito armado entre rebeldes e forças do governo, a cidade aparenta ser uma "cidade fantasma".

Fatum Obeid é uma das poucas que voltaram às ruínas da cidade para buscar o que restou dos pertences.

Ela perdeu os dois filhos na batalha pela cidade.

A guerra já se espalhou por grande parte da Síria e destruiu a maior cidade do país, Aleppo.

A ONU calcula que mais de 200 mil dos três milhões de moradores abandonaram a cidade, que vem sendo alvo de tanques e aviões de guerra. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
guerrasíriacidade-fantasma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.