Violência deixa mais 10 mortos no sul do Afeganistão

A explosão de duas bombas à beira de estradas resultaram na morte de pelo menos dez pessoas no sul do Afeganistão nesta terça-feira, informaram autoridades locais. No primeiro incidente, um estrangeiro e três afegãos a serviço de uma companhia de segurança americana perderam a vida numa explosão ocorrida na principal rodovia entre Kandahar e Herat, disse Ghulam Dusthaqir Azad, governador da província de Nimroz. Mais tarde, seis soldados afegãos morreram quando uma bomba de beira de estrada explodiu no momento da passagem de um comboio militar por uma rodovia de Helmand, 200 quilômetros a noroeste de Kandahar, disse o general Rehmatullah Raufi. Tanto o governador quanto o general atribuíram os ataques à milícia fundamentalista islâmica Taleban. Em outro episódio de violência registrado nesta terça-feira, dois supostos militantes suicidas detonaram os explosivos que levavam atados ao corpo quando foram abordados pela polícia, mas não provocaram mais nenhuma vítima além de si mesmos.

Agencia Estado,

28 Março 2006 | 15h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.