Violência deixa pelo menos 16 mortos na Somália

Pelo menos 16 civis foram mortos durante confrontos entre insurgentes islamitas e forças do governo, disse hoje um funcionário do setor de emergência na capital da Somália, Mogadiscio. O chefe do serviço de ambulâncias, Ali Muse, afirmou também que 47 outras pessoas ficaram feridas pela cidade.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2010 | 12h27

Trinta e sete dos feridos foram vítimas de três disparos de artilharia no principal mercado da cidade. Mogadiscio tem sofrido com a violência desde que o governo central da Somália foi dissolvido, em 1991. Insurgentes islamitas têm tentado há mais de três anos derrubar o fraco governo apoiado pelas Nações Unidas, que controla apenas algumas áreas na capital. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciamortesSomália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.