Violência leva 200 mil a fugir do noroeste do Paquistão

Violência leva 200 mil a fugir do noroeste do Paquistão

As Nações Unidas afirmaram hoje que mais de 200 mil pessoas fugiram de uma recente ofensiva militar contra os militantes do Taleban no noroeste do Paquistão. Os militares intensificaram as operações na região tribal de Orakzai nas últimas semanas, com constantes ataques aéreos e algumas ações por terra contra os militantes.

AE-AP, Agência Estado

12 de abril de 2010 | 10h11

Funcionários paquistaneses afirmam que mais de 300 supostos insurgentes foram mortos desde o meio de março. A Organização das Nações Unidas (ONU) informou que quase 210 mil pessoas fugiram de Orakzai desde o início da ofensiva no fim do ano passado. Quase 50 mil pessoas fugiram apenas no mês passado.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoviolênciafuga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.