Vírus da Sars pode ter sofrido mutação

O vírus causador da SíndromeRespiratória Aguda Grave (Sars, por suas iniciais em inglês)pode estar passando por mutações, advertiu nesta quinta-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar das declarações de diversos cientistas segundo os quais a disseminação da doença parece ter-se estabilizado. "Aumentou o número de mutações", disse a pesquisadora PauleKieny, diretora da Iniciativa para a Investigações de Vacinas daOMS. "O vírus evoluiu. Devemos vigiar sua diversidade e suapotencial evolução." Diversos cientistas presentes hoje numa conferênciapatrocinada pela OMS sobre a investigação da Sars realizada emCingapura apresentaram novas provas de que o coronavíruscausador da chamada pneumonia asiática poderia evoluir a umaforma patológica ainda mais perigosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.