Vírus mata mais três pessoas na Arábia Saudita

A Arábia Saudita informou neste domingo, 2, que mais três pessoas morreram em decorrência da infecção por um coronavírus semelhante ao vírus causador da síndrome respiratória aguda grave (Sars), elevando o número de mortos no país para 24.

AE, Agência Estado

02 de junho de 2013 | 14h56

O Ministério da Saúde disse que os três mortos estavam entre os 38 infectados na Arábia Saudita. Segundo o órgão, duas das três pessoas mortas neste domingo estavam sofrendo de doenças crônicas.

O novo vírus é da mesma família viral que provocou o surto de Sars, que matou cerca de 800 pessoas durante uma epidemia global em 2003. A agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou que houve 51 casos do coronavírus desde setembro. Destes, 30 resultaram em morte, incluindo a de um francês, na última terça-feira. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Arábia Sauditavírussarsmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.