Lori Van Buren / Albany Times Union / AFP
Lori Van Buren / Albany Times Union / AFP

Vítimas de acidente de limusine nos EUA estavam a caminho de festa de aniversário

Autoridades federais descreveram a colisão de sábado como o pior acidente de trânsito da história do país em quase uma década

O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2018 | 10h39

NOVA YORK - Dois casais de recém-casados, quatro irmãs de uma família e dois irmãos de outra estão entre as 20 vítimas que morreram quando uma limusine que levava passageiros a uma festa de aniversário surpresa se envolveu em um acidente no Estado de Nova York no fim de semana, relatou a mídia local nesta segunda-feira, 8.

Autoridades federais descreveram a colisão de sábado como o pior acidente de trânsito da história dos Estados Unidos em quase uma década.

Autoridades não divulgaram a identidade das vítimas até a manhã desta segunda-feira, mas alguns nomes e detalhes foram revelados por parentes a veículos de mídia e por páginas do site de financiamento coletivo GoFundMe.

Erin e Shane McGowan estavam apenas começando sua vida juntos com cinco meses de casados, relatou o Times Union, da cidade de Rochester.

O casal McGowan fazia parte de um grupo de 17 jovens adultos que estavam em uma limousine 2001 Ford Excursion para comemorar o aniversário de 30 anos de sua amiga Amy Steenburg, relataram o jornal e outros veículos.

Eles estavam a caminho de uma cervejaria, mas nunca chegaram, disseram autoridades.

A limusine atravessou o cruzamento de uma via rápida sem parar na tarde de sábado em Schoharie, no Estado de Nova York, cerca de 65 quilômetros a oeste de Albany, informaram a polícia e o Conselho Nacional de Segurança de Transporte.

O veículo colidiu com um carro estacionado que estava vazio e atingiu dois pedestres antes de cair em um barranco, disseram autoridades.

O motorista da limusine, todos os 17 passageiros e os 2 pedestres morreram, informaram a polícia do Estado e o Conselho Nacional de Segurança de Transporte.

Amy Steenburg também era recém-casada. Ela e suas três irmãs — Mary Dyson, Allison King e Abby Jackso n— e seu marido, Axel Steenburg, e o irmão dele, Rich Steenburg, também morreram, disseram parentes ao New York Times. / REUTERS 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.