Vítimas de Pike River podem estar mortas

NOVA ZELÂNDIA

, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2010 | 00h00

Representantes do governo da Nova Zelândia admitiram ontem pela primeira vez que pode ser tarde demais para resgatar os 29 mineiros presos na jazida de Pike River desde o dia 19. Grossas camadas de rocha e o risco de uma nova explosão diminuíram o progresso do resgate ontem, enquanto as equipes de tentavam descobrir se a qualidade do ar abaixo da terra permite sua retirada com vida. Até ontem, nenhum contato foi feito com as vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.