Vitor Ponta quer corrigir injustiças na Romênia

O primeiro-ministro da Romênia, Vitor Ponta, divulgou hoje a nova formação do governo, com participação dos dois maiores partidos da aliança de esquerda. "Uma das prioridades do novo governo será corrigir as injustiças e os desequilíbrios", gerados pelas medidas de austeridade tomadas pelo antigo governo, afirmou Ponta.

AE, Agência Estado

01 Maio 2012 | 16h48

"Para o novo governo é essencial observar os compromissos da Romênia com seus parceiros internacionais, mas também olhar o que está relacionado com a população", acrescentou ele, se referindo à promessa feita pelo seu partido de oposição, União Liberal Social, de elevar os salários do setor público, reduzidos em 25% em 2010.

O número de membros do gabinete passou de 16 para 21. Ponta disse que espera o voto de confiança no Parlamento para seu novo gabinete e seu programa na segunda-feira. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Romênia Vitor Ponta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.