Vitória da Conquista retira apoio e frustra visita de blogueira

Prefeitura baiana administrada pelo PT alega falta de orçamento e questões burocráticas para retirar convite

O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2013 | 02h04

A blogueira cubana Yoani Sánchez teve ontem o roteiro de sua passagem pelo Brasil alterado porque a prefeitura de Vitória da Conquista, na Bahia, um dos locais onde seria exibido um documentário em que ela aparece, alegou "falta de recursos orçamentários e questões burocráticas" para retirar o apoio econômico ao projeto.

O documentário Conexão Cuba Honduras, do cineasta Dado Galvão, ainda deve ser exibido em Feira de Santana (BA) no dia 18. A blogueira deve deixar a Bahia no dia 20.

Ontem, a administração de Vitória da Conquista, governada pelo Partido dos Trabalhadores, justificou por meio de sua assessoria de imprensa a suspensão da ajuda. "A prefeitura não terá condições de apoiar o projeto, mas havia outras partes que também estavam envolvidas."

A passagem da blogueira pela cidade contaria também com o apoio da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, que cederia o auditório para a exibição do filme.

"Quem retirou o apoio foi a prefeitura, que arcaria com as passagens de Recife para Vitória da Conquista e a hospedagem. Acho estranho, pois a prefeitura recentemente fez projetos de grande porte", disse o cineasta ontem à noite.

Segundo um comunicado do jornalista Ailton Fernandes, que tentava promover a exibição do filme em Vitória da Conquista, os patrocinadores "sinalizaram apoio", mas, nesta semana, quando a parceria seria "consolidada", ele foi informado de que a prefeitura não teria condições de apoiar o projeto "por motivos burocráticos que envolvem questões técnicas e orçamentárias, impossíveis de serem cumpridas por conta do curto espaço de tempo". Segundo Fernandes, o fato de o carnaval estar próximo também ajudou a tornar a exibição do filme, programada para o dia 18, "inviável".

Yoani Sánchez tem passagem marcada para chegar ao Brasil no madrugada do dia 18, em Recife. A blogueira cubana anunciou que pretende passar por mais de dez nações, nas Américas - participa no México da reunião da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, pelas iniciais em espanhol) - e na Europa. E deverá retornar ao País em abril. / RODRIGO CAVALHEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.