Vitória de Khatami no Irã deve ser esmagadora

O Ministério do Interior do Irã teve de prorrogar nesta sexta-feira por três vezes o horário de encerramento da eleição presidencial em razão do elevado comparecimento da população às urnas ter provocado longas filas.A expectativa das autoridades, segundo a agência oficial Irna, é de participação de pelo menos 83% dos 42 milhões de pessoas habilitadas a votar. A baixa abstenção significa que, apesar do desencanto com o ritmo lento das reformas, a população fez questão de mostrar seu apoio ao presidente do Irã, Mohammad Khatami, que deverá obter 75% dos votos, de acordo com prognósticos do Instituto Zogbi com base em pesquisas de boca-de-urna.Seu principal rival, o ex-ministro do Trabalho Ahmad Tavakkoli obteria 11%.Levantamento da agência oficial Irna indica 74% para Khatami e 12% para Tavakkoli. Se confirmadas essas previsões, Khatami terá mais votos do que em sua supreendente eleição em 1997, e isso lhe possibilitará dar novo impulso às reformas sociais, políticas e econômicas, as quais têm sido boicotadas pelo clero conservador."O importante é que as pessoas precisam votar", afirmou Khatami, após depositar seu voto numa urna em uma mesquita de um subúrbio de Teerã. Em um colégio eleitoral no norte da cidade, houve acaloradas discussões entre mulheres vestidas com as roupas tradicionais islâmicas, em defesa de filas separadas para os dois sexos, e as de trajes menos conservadores."Estamos votando justamente porque queremos filas mistas", afirmou Maryam, cuja cabeça estava coberta com um lenço de cores vivas. "Claro que vou votar em Khatami." Inicialmente, as seções iriam estar abertas até as 21 horas, mas o prazo foi prorrogado para as 23 horas e, por fim, meia-noite em Teerã e outras grandes cidades. A apuração iria começar após o encerramento da votação, e a previsão é de divulgação dos resultados até domingo. Em 14 das 27 províncias do país houve também escolha de representantes para 16 cadeiras no Parlamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.