Viúvo de Benazir assume a presidência do Paquistão

Asif Ali Zardari, viúvo da ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto, assumiu hoje a presidência do Paquistão. Zardari, de 53 anos, foi empossado durante uma breve cerimônia no palácio presidencial, sucedendo o ex-general Pervez Musharraf, que no mês passado renunciou ao cargo em meio a pressões de grupos sociais e políticos.A posse marca o regresso de um governo civil ao Paquistão quase nove anos depois de Musharraf, então comandante das Forças Armadas, ter promovido um golpe palaciano e instalado um regime militar.A cerimônia, realizada em um salão do palácio, contou com a presença dos três filhos de Zardari com Bhutto e de diversos dignitários. A solenidade foi encerrada com gritos de "Bhutto vive".Na primeira fila dos convidados estava o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, cujo governo acusa o Paquistão de não agir contra a milícia fundamentalista islâmica Taleban, que se abriga na fronteira entre os dois países, e até mesmo de agir em conjunto com os rebeldes islâmicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.