Viúvo de Benazir concorrerá à presidência do Paquistão

O principal partido da coalizão governista no Paquistão, o Partido do Povo Paquistanês (PPP), lançou oficialmente hoje a candidatura de seu líder, Asif Ali Zardari, à presidência. Zardari, que assumiu a chefia do PPP após sua mulher, a ex-premiê Benazir Bhutto, ser assassinada em dezembro, é uma polêmica figura no Paquistão. "O senhor Asif (Ali) Zardari aceitou concorrer à presidência do Paquistão após o partido ter unanimemente apontado seu nome", disse há pouco o secretário-geral do partido de Zardari, Raza Rabbani.

DJ-AE, Agencia Estado

23 de agosto de 2008 | 14h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.