Vizinhos da Síria pedem ajuda externa para refugiados

Membros dos governos de quatro países que abrigam 1,8 milhão de refugiados sírios dizem que precisam de ajuda externa para cuidar dos emigrantes da Síria. O apelo partiu de um comunicado conjunto entre os ministros de relações exteriores do Iraque, da Jordânia e da Turquia, assim como o ministro de assuntos sociais do Líbano e o alto comissário para refugiados das Nações Unidas, Antonio Guterres.

Agência Estado

04 de setembro de 2013 | 15h21

Guterres diz que os vizinhos da Síria estão pagando um alto preço pela guerra civil do país. Pelas contas das Nações Unidas, o conflito já forçou mais de 2 milhões de pessoas a deixarem a Síria, sendo mais da metade crianças, e já moveu mais de 4 milhões de pessoas ao longo da fronteira desde que o conflito começou, em março de 2011. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.