Volta da energia traz normalidade ao 1º dia útil após blecaute

Os trabalhadores tomaram trens e metrôs e atravessaram ruas cujos semáforos funcionavam no primeiro dia útil após um blecaute deixar às escuras partes dos EUA e no Canadá.As usinas elétricas que interomperam seus serviços durante o apagão começaram a operar normalmente, aumentando o fluxo de eletricidade para satisfazer a demanda energética de milhões de trabalhadores. Especialistas em energia do Conselho de Confiabilidade Elétrica da América do Norte anunciaram no domingo à noite que a rede elétrica funcionava novamente de modo confiável, com todas as linhas em serviço exceto uma. No entanto, as empresas fornecedoras de eletricidade nos oito estados americanos afetados pelo blecaute da última quinta-feira - o maior da história dos EUA - continuaram advertindo seus clientes de que poderá haver imprevistos. Em Nova York, a Consolidated Edison pediu aos usuários que economizassem energia hoje, quando a demanda deve voltar a atingir um pico, porque ?ainda estamos estabilizando nosso sistema?. ?O metrô está funcionando, os ônibus estão trabalhando?, disse o prefeito Michael Bloomberg em declarações à televisão.No terminal ferroviário de Grand Central em New York, os passageiros não tiverm contratempos na hora de tomar o trem, segundo o bancário Jonathan Greenman. ?Sinto que as coisas estão voltando à normalidade?. Igualmente os motoristas não tiveram problemas ao se dirigirem ao trabalho em Detroit. No Canadá, onde uma grande área de Ontario permaneceu no escuro, as autoridades pediram às indústrias, ao comércio e à população em geral que reduzam em 50% o consumo de eletricidade. Grandes empresas que atuam no Canadá, incluindo as automotivas Daimler Chryslker e ford, garantiram no domingo à tarde que atenderiam ao pedido de cortar para a metade o consumo de energia elétrica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.