Volta de Iruan é adiada pela 5ª vez

A volta do menino Iruan Erui Wu, de Taiwan para o Brasil, foi adiada pela quinta vez. O embarque deveria ter ocorrido hoje, mas ele não foi entregue pela família de seu pai, morto em 2001, como a Justiça daquele país havia determinado. A família pediu mais uma semana, antes de entregar o Iruan à Justiça para que ele seja enviado ao Brasil onde deverá ficar com a avó materna. O advogado da família taiwanesa disse que o garoto iniciou tratamento psicológico e evocou a Lei do Bem Estar do Menor do país para tentar manter o menino. Segundo a lei, ?as crianças estão protegidas de sofrer qualquer tipo de dano emocional?. Mas um juiz negou a solicitação, decretando a prisão do tio do menino, Huer Eam Wu, e determinando que a polícia retire Iruan à força. Segundo a Globo News, um juiz segue para o local, para negociar a liberação da criança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.