Voo 447: avião mostrou velocidades diferentes a pilotos

Os registros das caixas-pretas do voo 447 da Air France, divulgados hoje, mostram que o comandante do avião estava fora do cockpit e só voltou à cabine depois de a aeronave começar sua queda de 3 minutos e meio. A análise preliminar mostrou que o capitão estava descansando quando a emergência começou. Além disso, os pilotos constaram velocidades diferentes do avião em seus instrumentos, antes da queda. O avião partiu do Rio de Janeiro e seguia até Paris, porém caiu na noite de 31 de maio de 2009. Todas as 228 pessoas a bordo morreram no acidente.

AE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 08h57

As conclusões iniciais do Escritório de Investigações e Análises da França (BEA, na sigla em francês), baseadas na análise das caixas-pretas encontradas no fundo do oceano no início do mês, foram divulgadas hoje. "Houve inconsistência" entre as velocidades mostradas no lado esquerdo e no sistema reserva de medições, informou a agência francesa. "Isso durou por menos de um minuto", apontou o BEA. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.