Voo da Turkish Airlines que partia de Nova York é desviado por ameaça de bomba

Avião com destino a Istambul foi desviado para o Canadá; polícia canadense revistou a aeronave e descartou possibilidade de explosivos

O Estado de S. Paulo

22 de novembro de 2015 | 08h22

Atualizado às 08h45

Um avião da companhia Turkish Airlines teve sua rota desviada na manhã deste domingo devido a uma ameaça de bomba. O voo partiu do aeroporto JFK, em Nova York, e tinha como destino Istambul, na Turquia, mas a ameaça recebida duas horas após a decolagem fez com que a aeronave mudasse de rumo e aterrissasse em Halifax, no Canadá.

Segundo a polícia canadense, já foi feita uma perícia no avião e nada foi encontrado. Os 256 passageiros e tripulantes que estavam a bordo tiveram suas bagagens revistadas e continuarão viagem nesta manhã e a polícia disse que não dará mais detalhes sobre o incidente. 

Na terça-feira, dois aviões da Air France também tiveram suas rotas modificadas após ameaça de atentado terrorista. Um deles partiu de Washington e tinha Paris como destino, mas foi desviado também para o aeroporto de Halifax. O outro saiu de Los Angeles, com destino à capital francesa, e pousou em Salt Lake City, no estado americano de Utah, cerca de duas horas após a decolagem.

Tudo o que sabemos sobre:
TerrorismoaviãoCanadá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.