Voos em Hong Kong são cancelados por causa de tufão

Mais de 350 voos no aeroporto de Hong Kong foram cancelados ou atrasaram nesta quarta-feira por causa da aproximação do tufão Utor, que também levou ao fechamento de escolas, bancos e da bolsa de valores local.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2013 | 04h52

De acordo com o Observatório de Hong Kong, a tempestade estará mais próxima de Hong Kong durante o

dia, antes de se dirigir à costa ocidental da província de Guangdong.

A autoridade do aeroporto de Hong Kong disse que, por volta do meio-dia (horário local) desta quarta-feira, 57 voos que deveriam sair do local e 53 que deveriam pousar no aeroporto foram cancelados e 241 estavam atrasados. A Cathay Pacific Airways disse a empresa e sua unidade Dragonair estavam cancelando 31 voos de e para Hong Kong.

As condições meteorológicas estavam limitando as operações no aeroporto, mas muitos voos ainda estavam decolando e pousando, disse a autoridade. Em outras regiões, não foram registradas graves inundações ou deslizamentos de terra em Hong Kong. Os terminais de balsa na cidade também foram fechados.

A Hong Kong Exchanges and Clearing, operadora da Bolsa de Hong Kong, cancelou todas as operações de ações e derivativos desta quarta-feira em Hong Kong. O cancelamento havia sido anunciado na sessão da manhã e se manteve no período da tarde.

Seis pessoas procuraram tratamento nos hospitais públicos, de acordo com o governo. Quatro tiveram alta. Nas Filipinas, o tufão Utor deixou pelo menos três pessoas mortas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
hong kongtufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.