Vôos internacionais: Espanha adota política do "caso a caso"

A Espanha adotará a política do "caso a caso" para responder ao pedido americano para que os vôos com direção aos EUA contem com policiais armados a bordo, informou hoje (07) o ministro do Interior espanhol, Angel Acebes. Falando a jornalistas em Madri, Acebes explicou que quando houver "uma ameaça específica e concreta" em algum vôo de uma companhia aérea da Espanha com direção aos EUA, oficiais espanhóis "analisarão caso a caso" e tomarão as medidas necessárias. A recusa da Espanha em destacar policiais armados em todos os vôos é uma aparente resposta ao principal sindicato de pilotos do país, conhecido como SEPLA, que argumenta que a máxima autoridade em um avião cabe somente ao comandante e que o pedido dos EUA obrigaria uma mudança nas leis espanholas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.