Votorantim assume controle de siderúrgica colombiana

O grupo Votorantim adquiriu nesta sexta-feira 52% do capital da colombiana Acerías Paz del Río por US$ 489 milhões, num leilão com a participação de quatro grandes siderúrgicas do mundo.A oferta final da Votorantim, de 131,42 pesos por ação (US$ 0,06) foi 157% superior ao valor inicial. No leilão foram oferecidas 8.206.215.228 ações ordinárias da companhia, equivalentes a 52% do capital, por 426,723 bilhões de pesos (US$ 193,45 milhões).Do total de ações à venda, 65,16% pertenciam a trabalhadores e aposentados da companhia. O Estado colombiano tinha 17,57%. Outros 17,27% eram de agentes privados.O leilão começou às 15h30 (18h30 de Brasília), na Bolsa de Valores de Bogotá, e durou cinco horas. O resultado foi muito além das expectativas iniciais.Participaram da disputa as brasileiras Gerdau e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e a multinacional radicada em Luxemburgo Arcelor-Mittal.Após 19 rodadas, só restavam a Votorantim e a Arcelor-Mittal, a maior siderúrgica do mundo. Na 20ª, só o grupo brasileiro apresentou a sua proposta.As ações da empresa foram negociadas nesta sexta-feira no pregão da bolsa a 77 pesos, valor próximo ao fixado para a nona rodada do leilão. O valor era apontado como referência, mas foi superado em 70,67%.O Grupo Votorantim emprega 30 mil pessoas e atua em oito áreas de negócios, com produção de cimento, celulose e papel, mineração e metalurgia, química, agroindústria, energia, serviços financeiros e investimentos de capital de risco, entre outros.O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, destacou o resultado da venda do controle da siderúrgica. O chefe de Estado lembrou que a empresa foi recuperada em 2003, depois de um grande acordo no começo de seu primeiro mandato entre o Governo e os trabalhadores e aposentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.