Mark RALSTON / AFP
Mark RALSTON / AFP

Votos antecipados para eleições nos EUA chegam a 36 milhões

Nos Estados do Texas, Nevada e Arizona, os votos antecipados já ultrapassaram os das últimas eleições de meio de mandato

O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2018 | 16h11

WASHINGTON - O número de eleitores que votaram antecipadamente nas eleições de meio de mandato nos Estados Unidos atingiu a marca recorde de 36 milhões. Na última eleição, foram 27 milhões, de acordo com o pesquisador Michael McDonald, da Universidade da Flórida, que concedeu entrevista nesta terça-feira, 6, ao site de notícias Politico.    

Nos Estados do Texas, Nevada e Arizona, os votos antecipados já ultrapassaram os das últimas eleições de meio de mandato e, segundo McDonald, todos as demais unidades da federação devem registrar um número maior que o do último pleito até o fim da apuração.       

O CEO do TargetSmart, instituto de pesquisa ligado ao Partido Democrata, Tom Bonier, prevê que até o fim da apuração, 40 milhões de pessoas tenham votado antecipadamente. A entidade também projeta que o comparecimento total será de 105 milhões de pessoas, cerca de 45% da população apta a votar.       

O alto comparecimento poderia estar preparando terreno para surpresas no resultado das eleições. Caso seja mantida a tradição dos últimos pleitos, a afluência elevada favorece o Partido Democrata, mas a intensa campanha feita pelo presidente americano, Donald Trump, pelo país nos últimos meses também pode ter mobilizado sua base eleitoral. / Ansa 

Para Entender

Como funcionam as eleições de meio de mandato nos Estados Unidos

Cidadãos americanos votaram no dia 6 de novembro para eleger representantes no Legislativo, governadores e opinar sobre questões locais

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.