Voz de Chávez é usada para convocar venezuelano às urnas

Caminhões com cornetas acordaram os venezuelanos antes do amanhecer deste domingo, em uma tradicional tática do governo socialista para levar os cidadãos do país às urnas. Nas eleições deste domingo, que escolherão o sucessor do falecido presidente Hugo Chávez, os caminhões acrescentaram algo novo ao repertório quando começaram a rodar por volta das 3 horas (horário local): a voz de Chávez cantando o hino nacional e uma popular música militar da Venezuela. Em algumas partes de Caracas, foguetes também foram disparados.

Agência Estado

14 de abril de 2013 | 09h09

Chávez morreu de câncer em 5 de março e o candidato socialista a sucedê-lo, Nicolás Maduro, está contando com um pesado comparecimento às urnas por parte dos mais pobres. Maduro, vice-presidente do governo de Chávez, é apontado como favorito, mas pesquisas recentes mostraram o principal candidato da oposição, Henrique Capriles, ganhando força na última semana, com o descontentamento da população com a economia, a criminalidade e os apagões elétricos do país. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelaeleiçõesvoz de Chávez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.