Voz em fita é muito provavelmente de Saddam, diz a CIA

A voz numa fita de áudio divulgada pela tevê árabe Al-Jazira na última sexta-feira é muito provavelmente de Saddam Hussein, disseram oficiais da CIA. Mas a má qualidade da gravação impede a certeza absoluta. "A conclusão da CIA, depois de uma análise técnica da fita, é que muito provavelmente seja sua voz", disse hoje o porta-voz da agência americana, Bill Harlow. "A data exata da gravação não pôde ser determinada". Oficiais de inteligência afirmaram que na gravação existe muito ruído de fundo, o que impede uma análise técnica conclusiva. A voz na fita afirma que a gravação foi feita em 14 de junho. Os oficiais explicaram que não existem, na mensagem, referências a fatos que confirmem definitivamente a data. Ainda assim, a conclusão da CIA de que a fita é muito provavelmente autêntica iria reforçar a crença da maioria dos analistas de inteligência, de que Saddam sobreviveu à guerra, apesar de pelo menos dois ataques aéreos para eliminá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.