Vulcão ameaça moradores na Indonésia

O vulcão Merapi, o mais ativo da Indonésia, entrou em intensa atividade nesta madrugada, expelindo rios de lava e enormes nuvens de cinzas. Por medida de segurança, centenas de habitantes que residem nos arredores do Monte Merapi, foram retirados de suas casas. Segundo especialistas que monitoram a crescente atividade dentro da montanha, as condições pioraram dramaticamente durante a madrugada. Casas foram cobertas com cinzas e gases tóxicos foram jogados no céu. Um alerta foi emitido e moradores ao redor do Merapi foram avisados de que deveriam deixar suas casas e sítios.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2001 | 04h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.