Aldrin Recebido/AP
Aldrin Recebido/AP

Vulcão Bulusan aumenta atividade no leste das Filipinas

Centenas de pessoas abandonaram suas casas após escutarem explosão que durou 19 minutos e formou uma coluna de cinza e vapor de três km de altura; tremores puderam ser ouvidos a 10 km de distância

Efe,

22 de fevereiro de 2011 | 02h26

ILOSIN - A atividade do vulcão Bulusan, no leste das Filipinas, aumentou nas últimas 24 horas, enquanto as autoridades mantêm o nível de alerta e o perímetro de segurança ao redor da cratera, informaram fontes oficiais nesta terça-feira, 22.

 

O monte registrou 16 pequenas explosões em seu interior desde a manhã da segunda-feira, 21, quando expeliu uma coluna de cinza e vapor de três quilômetros de altura que cobriu de pó várias aldeias próximas.

 

Centenas de pessoas abandonaram suas casas após escutarem a primeira explosão, que se prolongou por 19 minutos e foi acompanhada por outro estrondo menor.

 

Os tremores puderam ser ouvidos a dez quilômetros de distância de Bulusan, situada na província de Sorsogon, 250 quilômetros ao sudeste de Manila.

O Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Philvolcs) insiste que por enquanto o magma não saiu do cone do vulcão, pelo que tecnicamente não ocorreu uma erupção.

 

O rio de cinza incandescente chegou na manhã desta terça-feira a quatro povoados de camponeses nas redondezas do monte.

 

As aldeias já haviam sido esvaziadas pelo exército, que tirou de seus lares quase mil moradores, ainda que o governo não tenha emitido a ordem oficial de retirada.

 

Já a Phivolcs pediu à população que respeite o perímetro de segurança de quatro quilômetros em torno da cratera pelo risco de explosões repentinas de cinza e fumaça tóxica e que evite rios e vales devido ao risco de deslizamentos de terra.

 

Também advertiu aos pilotos de aviões que evitem sobrevoar o Bulusan, que entrou em erupção pela última vez em 2006, sem deixar vítimas.

 

As Filipinas estão sobre a zona de intensa atividade sísmica e vulcânica do "Anel de Fogo do Pacífico" e têm até 23 vulcões ativos.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcão, Filipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.