Jiji Press / Japan Meteorological Agency / AFP
Jiji Press / Japan Meteorological Agency / AFP

Vulcão entra em erupção e deixa Japão em alerta

Monte Asama entrou em atividade pela última vez em junho de 2015, sem deixar vítimas

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2019 | 04h21

TÓQUIO - Um vulcão situado a 140 km de Tóquio entrou em erupção nesta quarta-feira, 7, após quatro anos inativo, lançando uma coluna de fumaça e cinzas que chegou a dois quilômetros de altura.

Situado a noroeste da capital japonesa, o Monte Asama entrou em erupção durante a noite desta quarta. Com a atividade, a Agência nacional de Meteorologia elevou o nível de alerta para grau três, em uma escala que vai de 1 a 5, e pediu à população que mantenha distância da cratera.

 Não houve relatos imediatos de danos na vizinhança.

Segundo os especialistas, a queda de rochas e os fluxos piroclásticos podem afetar uma área de quatro quilômetros a partir da cratera, com pequenas pedras e cinzas caindo nas cidades vizinhas.

O Monte Asama entrou em atividade pela última vez em junho de 2015, sem deixar vítimas. / AFP e Reuters

Tudo o que sabemos sobre:
vulcãoJapão [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.