AP Photo/Carlos F. Gutierrez
AP Photo/Carlos F. Gutierrez

Vulcão entra em erupção no sul do Chile e força a retirada de 1.500 pessoas

O vulcão Calbuco entrou em erupção no Chile pela primeira vez em mais de 42 anos, lançando uma grande coluna de fumaça em uma área pouco povoada e montanhosa no sul do país. Autoridades determinaram a retirada de 1.500 moradores da cidade próxima de Ensenada, além de moradores de duas comunidades menores.

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2015 | 21h49

O Serviço Nacional de Mineração e Genealogia emitiu um alerta, impedindo o acesso à área próxima ao vulcão, que fica perto das cidades de Puerto Varas e Puerto Montt, pouco mais de mil quilômetros ao sul da capital do país, Santiago.

"Foi uma surpresa para nós", disse Alejandro Verges, diretor regional de emergência da região de Los Lagos, onde a erupção acontece. Segundo ele, o Calbuco não estava sob nenhum tipo especial de observação.

O Ministério da Educação cancelou aulas nas comunidades próximas ao vulcão e pelo menos três voos para Puerto Montt foram cancelados. A última erupção do Calbuco havia ocorrido em 1972. O vulcão é considerado um dos três mais potencialmente perigosos entre os 90 ativos no país.

O Villarica, um dos vulcões mais ativos da América do Sul, entrou em erupção no sul do Chile no mês passado, levando as autoridades a retirar milhares de pessoas da área. O ministro do Interior, Rodrigo Peñailillo, disse que a erupção atual é claramente maior, por isso as medidas tomadas terão de ser maiores e mais rápidas. O ministro disse que o governo estava enviando água, para a eventualidade de esse recurso ficar contaminado pelas cinzas. Além disso, policiais e militares foram enviados à área para garantir a segurança e ajudar na retirada das pessoas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chilevulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.