Vulcão indonésio entra em erupção

Mais de 20 mil pessoas foram realocadas desde que atividade foi retomada no domingo

Efe

30 de agosto de 2010 | 04h46

 Sinabung lança cinzas a uma altura de dois km. Foto: Bansar Bakkura/AP

JACARTA - O vulcão Monte Sinabung, situado ao norte da ilha indonésia de Sumatra, entrou hoje em erupção pela segunda vez em 24 horas após passar 400 anos adormecido, informou o Centro de Vulcanologia da Indonésia.

Mais de 20 mil pessoas continuam realocadas nos centros de evacuação desde este domingo, perante o estado de alerta por causa do vulcão, que esta madrugada lançou uma coluna de fumaça e cinza de dois quilômetros de altura.

O escritório de proteção civil envio para a região do vulcão dúzias de caminhões, ônibus e ambulâncias para evacuar os moradores de 17 aldeias.

A polícia local assegurou à agência estatal "Antara" que dois aldeães morreram durante a evacuação por causa de um ataque do coração.

Apesar de a atividade do Sinabung ter diminuído, os especialistas mantêm a vigilância ao não dispor de um padrão de comportamento do vulcão, cuja última erupção registrada é do ano de 1600.

A Indonésia, que fica sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica, abriga mais de 400 vulcões, dos quais pelo menos 129 continuam ativos e 65 estão qualificados como perigosos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.