Vulcão islandês deixa de emitir cinza à atmosfera

Grimsvotn não registrou nenhuma atividade vulcânica importante durante a madrugada, diz Islândia

Efe

25 de maio de 2011 | 09h27

Vulcão islandês mais ativo, o Grimsvotn entrou em erupção pela última vez em 2004

COPENHAGUE - O vulcão islandês Grismvotn, em erupção desde o sábado, 21, deixou de expulsar cinza à atmosfera, informou nesta quarta-feira, 25, o Escritório Meteorológico da Islândia. Desde a madrugada, o Grimsvotn não registrou nenhuma atividade vulcânica importante, só lançou à superfície vapor de água com enxofre, flúor e cloro.

 

A atividade do Grimsvotn já recuou consideravelmente na terça-feira e a altura da coluna de cinza procedente da cratera desceu aos 3 mil metros, frente aos 20 mil metros que alcançou nas horas posteriores à erupção.

O Grimsvotn , o vulcão mais ativo da Islândia, entrou pela última vez em erupção em 2004. Naquela ocasião, a atividade se prolongou por poucos dias, afetando o tráfego aéreo islandês por um curto período de tempo.

Os geólogos já haviam anunciado que o vulcão, que costuma entrar em atividade a cada meia década, voltaria a sofrer uma erupção ao longo deste ano. A erupção de outro vulcão islandês, o Eyjafjallajökull, paralisou o tráfego aéreo europeu por várias semanas no ano passado com a expansão da nuvem de cinza por todo o continente.

 

No caso do Grimsvotn só ocorreram restrições parciais no Reino Unido, Alemanha e Escandinávia, além da própria Islândia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.