Vulcão Merapi entra novamente em erupção na Indonésia

Tragédia já provocou 34 mortes, deixou 100 pessoas feridas e desabrigou mais de 40 mil

EFE,

29 de outubro de 2010 | 02h49

JACARTA - O vulcão Merapi, na ilha indonésia de Java, entrou novamente em erupção nesta sexta-feira, 29, três dias depois de ter provocado a morte de 34 pessoas e a evacuação de cerca de 40 mil pessoas da área.

 

A maioria dos habitantes do local continua em abrigos instalados além do perímetro de segurança. Em Sidoarjo, uma vila dentro da área de segurança de 10km de raio em torno da cratera, parentes e amigos enterraram nesta quinta-feira, 20 das 34 vítimas em uma vala comum.

 

Do total de mortes, 25 ocorreram na encosta do Merapi, um dos vulcões mais ativos do arquipélago, enquanto o resto morreu no hospital devido aos graves ferimentos.

 

Dos cerca de 100 feridos, 44 permanecem hospitalizadas em estado grave. Um manto cinzento cobre as casas, árvores e plantações que não foram atingidas pela lava.

 

A Indonésia se localiza no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma zona de grande atIvidade sísmica, onde pelo menos 129 de seus mais de 400 vulcões estão ativos.

Tudo o que sabemos sobre:
Vulcão, tragédia, Indonésia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.