Vulcão na Indonésia entra em erupção após 400 anos

O vulcão Monte Sinabung, localizado no oeste da Indonésia, começou a expelir lava e areia neste domingo, marcando sua primeira erupção em mais de 400 anos. A última vez que o Monte Sinabung entrou em erupção foi em 1600, portanto os estudiosos não conhecem seu padrão de erupção, mas monitoram de perto as atividades no local.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2010 | 09h31

De acordo com um especialista do governo em vulcões, o Monte Sinabung, na província de Sumatra do Norte, começou a dar sinais de vida há alguns dias e a pequena erupção desta manhã está praticamente encerrada. O vulcão expeliu areia e cinzas a uma altura de 1.500 metros, mas a lava se concentrou apenas nas proximidades da cratera, sem causar danos maiores.

A retirada de pessoas na encosta da montanha teve início na sexta-feira, assim que os primeiros sinais de atividade foram detectados. Cerca de 10 mil pessoas que deixaram suas casas foram abrigadas em prédios do governo, templos religiosos e outros locais em duas cidades próximas. O governo distribuiu 7 mil máscaras para os refugiados e montou cozinhas públicas, disse Priyadi Kardono, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres.

A Indonésia, maior arquipélago do mundo, está localizada sobre o chamado "anel de fogo", um arco de vulcões e falhas geológicas no Pacífico. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcãoIndonésiaPacífico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.