Vulcão provoca cancelamento de voos na Indonésia

Vários voos internacionais partindo de ou deixando a ilha de Bali, na Indonésia, foram cancelados ou desviados hoje. O motivo são as cinzas expelidas pelo vulcão Monte Bromo, segundo autoridades locais. O vulcão fica na província de Java Oriental, frequentada por muitos turistas estrangeiros e surfistas.

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 09h01

Um porta-voz do Ministério dos Transportes, Bambang Ervan, disse que há informações de que as cinzas do vulcão alcançaram 5,5 mil metros de altitude, afetando algumas partes de Bali. "Como uma precaução de segurança, enviamos alertas às companhias para adverti-las sobre a situação das cinzas, para que as tripulações possam evitar as áreas afetadas", acrescentou o funcionário.

Autoridades de aviação da Indonésia estavam monitorando a situação, mas não havia planos para fechar temporariamente o aeroporto, acrescentou Ervan. "O aeroporto ainda está aberto, alguns voos estão pousando. Nós estamos checando agora o quão ruim está a situação e quão pior pode ficar antes de decidir qual será o próximo passo", explicou.

As companhias australianas Jetstar e Virgin Blue foram forçadas a desviar voos para Perth, Sydney e Brisbane, disse um porta-voz do aeroporto de Bali. Um voo da Cathay Pacific que seguia para Hong Kong também foi desviado por causa da cinza vulcânica. Vários outros voos internacionais que deixariam Bali hoje foram cancelados. Voos domésticos partindo da ilha não foram afetados, disse o gerente do aeroporto, Heru Legowo.

O Monte Bromo começou a emitir estrondos em novembro e o governo chegou a anunciar um alerta máximo de erupção, mas depois rebaixou esse aviso. Em outubro, o Monte Merapi, o vulcão mais ativo da Indonésia, matou 350 pessoas em uma série de violentas erupções. Diferentemente do Merapi, a área no entorno do Monte Bromo não é densamente povoada, pois fica dentro do Parque Nacional Bromo-Tengger-Semeru, onde há vários vulcões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiavulcãovoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.