Vulcão submarino de 3 mil metros é encontrado na Indonésia

Pico é um dos maiores já encontrados no país, com 5.800m de profundidade sob o nível do mar

Efe,

13 de julho de 2010 | 06h02

JACARTA - Uma expedição liderada por cientistas americanos descobriu um vulcão submarino de 3 mil metros de altura nas planícies abissais entre Indonésia e Filipinas, informa na segunda-feira, 11, a imprensa local.

O vulcão, cuja base está a 5.800 metros de profundidade sob o nível do mar, foi detectado graças a um poderoso sistema de sonar e um veículo automático dotado com um equipamento de gravação de vídeo de alta definição.

"Este é um vulcão submarino enorme. Apenas três ou quatro picos são mais altos que este na Indonésia", destacou o chefe do grupo, Jim Holden.

A expedição, que começou há três semanas e prossegue até meados de agosto, pretende realizar uma primeira prospecção das profundezas submarinas entre Filipinas e Indonésia, uma zona pouco estudada.

Por enquanto, foi pesquisada a orografia de aproximadamente 6,2km² de fundo marinho graças à tecnologia americana.

Os resultados desta iniciativa, com investimento de US$1,6 milhão, serão utilizados como base para pesquisas científicas futuras em múltiplos campos.

Em maio do 2009, uma equipe de cientistas descobriu um vulcão submarino de mais de 50 quilômetros de diâmetro e 4,6 mil metros de altura sobre o fundo do mar junto à ilha de Sumatra, no extremo ocidental do maior arquipélago do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcão, Indonésia, erupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.