Walmart não vai a reunião sobre violência armada

Os representantes do Walmart não irão à reunião na Casa Branca para discutir a violência armada com o vice-presidente Joe Biden nesta quinta-feira, informou rede de televisão CNBC.

AE, Agência Estado

10 de janeiro de 2013 | 13h28

O Walmart participará de uma reunião sobre a violência armada convocada pelo procurador geral Eric Holder no prédio do escritório executivo Eisenhower, acrescentou a CNBC.

Ontem, o porta-voz do Walmart disse que a empresa poderia ir à reunião na Casa Branca. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAcontrole de armasWalmartBiden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.