Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2011 | 00h00

Da morgue de Acapulco, só saem corpos inteiros

Desde que decapitados e esquartejados passaram a surgir em Acapulco, centro turístico mexicano, o noticiário sobre narcotráfico ganhou novos matizes. Keynes Garcia, chefe do necrotério local, por exemplo, virou celebridade por só liberar um corpo para enterro quando todas as suas partes são reunidas. "É o mínimo que podemos fazer", diz.

ABC NEWS

Marido de deputada apoia pais de atirador

Parte dos EUA pensa que a criação levou Jared Loughner a matar seis pessoas em Tucson, há dez dias. Não o astronauta Mark Kelly. Marido da deputada Gabrielle Giffords, ferida na cabeça, ele quer eximir pessoalmente os pais do atirador dessa culpa.

THE WASHINGTON POST

Sudaneses exilados voltam para votar

Há dez anos, Abraham Akoi chegou a Atlanta. Era um dos milhares de garotos que fugiam de 22 anos de conflito no Sudão e deveriam se adaptar aos EUA, de onde poderia votar no referendo. Akoi preferiu voltar para casa e ajudar seu futuro país.

SALVADORENHA

16,4%

do Produto Interno Bruto de El Salvador vem de remessas de cidadãos que vivem fora do país. A expectativa de envios maiores foi frustrada pelo desemprego nos EUA

THE NEW YORK TIMES

Em Bagdá, vender álcool faz mal à saúde

Ataques a lugares que vendem álcool em Bagdá já despertam preocupação sobre a radicalização do movimento islâmico no Iraque. As ações parecem coincidir com o retorno ao país do clérigo Muqtada al-Sadr. Em geral, os donos dos bares são cristãos.M

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.