Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2011 | 00h00

Ricos devem pagar por enchentes na Austrália

A conta dos alagamentos que destruíram 30 mil casas desde novembro - a tragédia natural mais cara da história da Austrália - deverá ser dividida entre os australianos de maior renda. Um imposto de 0,5% para os que ganham mais de US$ 50 mil por ano (exceto atingidos) permitiria arrecadar US$ 1,8 bilhão, cerca de 40% do prejuízo estimado.

THE BLAZE

Com catapulta, tráfico lança drogas aos EUA

Narcotraficantes mexicanos têm recorrido a catapultas para jogar drogas para os EUA e reduzir o risco de um flagrante. Em uma de suas últimas tentativas, foram flagrados por câmeras e conseguiram fugir. Para trás, deixaram 15 quilos de maconha.

THE NEW YORK TIMES

Premiê chinês estimula críticas ao governo

Wen Jiabao é conhecido pelo populismo. Em desastres, o premiê chinês aparece sempre em meio ao povo, o que lhe rendeu o apelido de "Vovô Wen". Mas, esta semana, uma sugestão dele aos cidadãos surpreendeu: critiquem o governo e exijam seus direitos.

ESPANHOLA

5,1 milhões de euros

é o montante que a organização separatista basca ETA obteve ameaçando empresários locais em 2010, segundo o governo espanhol. Em 2009, foram 3,5 milhões de euros

THE WASHINGTON POST

Muçulmanos serão 26% da população em 2030

Os muçulmanos serão mais de um quarto da população da Terra em 2030. Nos EUA, o número de seguidores do islamismo dobrará nesse período, chegando a 6,2 milhões - 45% dos quais terão nascido em território americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.