Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2011 | 00h00

MCT

Busca das Farc por ouro preocupa a Colômbia

Durante séculos, o ouro das montanhas colombianas atraiu de sonhadores a grandes multinacionais. Agora, o governo está preocupado com guerrilheiros que, dispostos a expandir o tráfico, exigem que donos de minas paguem "taxas" para explorar o minério. A crise global fez o preço (e a influência) do ouro disparar nos últimos meses.

LOS ANGELES TIMES

Demitida por ligar Calderón à bebida

O governo mexicano garante: o presidente Felipe Calderón não tem problema com álcool. A jornalista Carmen Aristegui foi demitida por questionar a veracidade de um cartaz da oposição que dizia: "Você deixaria um bêbado dirigir seu carro?"

THE NEW YORK TIMES

Ativistas agora também criticam o Taleban

Americanos e seus aliados já não são os únicos acusados de abuso dos direitos humanos no Afeganistão. ONGs estimam que os rebeldes do Taleban são culpados por 75% das mortes de civis no país, em casos que aumentaram 20% no ano passado.

FRANCESA

35%

é o teto atingido pela popularidade do presidente francês, Nicolas Sarkozy, nos últimos meses. Seu premiê, François Fillon, conta com 50% de aprovação

DER SPIEGEL

Em Bangladesh, viúvas sofrem preconceito

Tigres atacam e matam, regularmente, trabalhadores das florestas no sudoeste de Bangladesh. Suas viúvas, vistas como símbolos da má sorte, são amaldiçoadas e caem no ostracismo. Por isso, decidiram formar grupos para combater o preconceito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.