Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2011 | 00h00

Usinas alemãs tiram apoio à energia limpa

A mudança abrupta de rumo na política energética alemã em relação às usinas nucleares terá algum custo para a chanceler Angela Merkel. Quatro empresas que operam reatores nucleares pararam de injetar dinheiro em um fundo que promoveria energias renováveis. Merkel freou a construção de novas usinas depois do terremoto no Japão.

THE NEW YORK TIMES

Obama dá nova missão ao general McChrystal

O general afastado do comando das tropas no Afeganistão, após criticar o governo dos EUA, voltou à ativa. Barack Obama chamou Stanley McChrystal para liderar um programa de apoio às famílias de militares em combate. Ele chefiará três pessoas.

WEEK IN REVIEW

O presidente casaque, reeleito sem esforço

Nursultan Nazarbayev, de 70 anos, foi reeleito presidente do Casaquistão há 9 dias com 95% dos votos, em uma eleição com 90% de comparecimento. Há 22 anos no cargo, sem oposição, foi modesto: "Não fiz campanha, pois estava governando".

TUNISIANA

40%

caíram as receitas turísticas da Tunísia entre janeiro e março. Mesmo com as revoltas que

depuseram o presidente, o país arrecadou R$ 267 milhões em turismo

THE WASHINGTON POST

Russos preferem emigrar a protestar

Enquanto manifestantes marcham no norte da África pedindo liberdade, a maioria dos russos tem estado em silêncio. Em vez de agruparem-se nas ruas, têm feito silenciosamente suas malas e buscado liberdade em uma nova onda de migração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.