, O Estado de S.Paulo

13 de outubro de 2010 | 00h00

Banco de Moscou contrata espiã russa

Anna Chapman, espiã russa presa nos EUA e deportada para a Rússia, em julho, foi contratada pelo FondServisBank, de Moscou. Segundo a direção do banco, Anna levará "inovação para o setor de tecnologia da informação" da empresa, embora observadores apostem que ela tenha conseguido o emprego de fato por causa da fama repentina.

WALL STREET JOURNAL

Irmandade Muçulmana participará de eleições

A Irmandade Muçulmana, o grupo de oposição mais poderoso do Egito, disse que participará nas eleições parlamentares de novembro. A decisão pôs fim às especulações sobre um possível boicote à votação por parte do grupo religioso.

THE GUARDIAN

Protesto de estudantes na França lembra 1968

O anúncio de que estudantes secundaristas também se uniriam aos protestos contra o presidente Nicolas Sarkozy fez muita gente na França lembrar-se de 1968, quando violentas manifestações quase derrubaram o governo do general Charles de Gaulle.

MSNBC.COM

Mandela diz que não queria ser presidente

No livro Conversations with Myself ("Conversando Comigo", em tradução livre), lançado esta semana, Nelson Mandela afirma que não queria ser presidente da África do Sul e preferia alguém mais jovem para o cargo, que ocupou de 1994 a 1999.

AMERICANA

US$ 1 milhão

foi a quantia arrecadada pelos democratas em uma única noite de festa na casa do ex-astro da NBA Alonzo Mourning - o jantar teve a presença de Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.