, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

Jane Austen tinha talento e um bom editor

A escritora britânica Jane Austen é reverenciada por sua prosa, mas a análise de seus manuscritos mostra que um de seus maiores dons foi ter encontrado um bom editor. A autora de vários romances, entre eles Razão e Sensibilidade, não pontuava bem, ignorava parágrafos e errava ortografia, segundo estudo da Universidade de Oxford.

THE NEW YORK TIMES

Obama revê planos dos EUA para a China

Barack Obama percebeu que está lidando com um país egoísta e poderoso e abandonou a ideia de fazer da China um parceiro global. Daí a decisão de aliar-se a vizinhos dos chineses, projeto de sua próxima viagem à Ásia. Obama não pisará na China.

THE JAKARTA GLOBE

França perde US$ 500 mil por dia em protestos

Cada dia de protesto contra a reforma previdenciária dá aos cofres franceses um prejuízo de US$ 500 milhões. Isso sem contar o dano político: a aprovação ao presidente Nicolas Sarkozy está abaixo de 30% pela primeira vez desde a posse.

THE WASHINGTON POST

Somália mantém título de mais corrupto

A Somália é, de novo, o país mais corrupto do mundo, segundo a Transparência Internacional. No outro extremo estão Dinamarca, Nova Zelândia e Cingapura. O Brasil é o 69.º. Melhorou seis posições (pois os rivais pioraram, dizem especialistas).

CUBANAS

US$ 100 bi

Cuba calcula ter perdido desde fevereiro de 1962 com o embargo dos Estados Unidos à ilha, imposto pelo então presidente, John Kennedy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.