Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2010 | 00h00

Urbanização acelerada desafia a África

Em quatro décadas, a África terá cidades três vezes maiores. Se a qualidade da urbanização for mantida, haverá multiplicação de problemas - 200 milhões de pessoas vivem em favelas. Mas pode haver aumento na qualidade de vida se for seguido o exemplo de Egito, Líbia, Marrocos e Tunísia, onde as favelas diminuíram pela metade em 20 anos.

EL NUEVO HERALD

Celulares levam culpa por bodas "proibidas"

As solteiras do distrito de Muzaffarnagar, norte da Índia, já não podem usar celular. Com eles, elas poderiam combinar livremente seus casamentos. No mês passado, 34 casais o fizeram e fugiram. Oito das fugas terminaram em assassinatos de honra.

THE WASHINGTON POST

Defesa dos EUA investe em cobras voadoras

Ao estudar cobras asiáticas que escalam árvores saltando entre troncos, o cientista John Socha concluiu que no ar elas imitavam uma longa asa. O Departamento de Defesa dos EUA passou a financiá-lo. A aerodinâmica do bicho inspirará uma nova arma.

MEXICANA

US$ 64 milhões

custa cada um dos seis helicópteros Black Hawk que os EUA doarão ao México para combater o narcotráfico

KUWAIT TIMES

Kuwait proíbe câmeras digitais "assustadoras"

Grandes, negras e perigosas. Câmeras digitais com essas características estão proibidas no Kuwait. Segundo o governo, elas "assustam" a população. Por isso, só podem ser manuseadas por fotojornalistas. Só estão liberados modelos de bolso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.