Wikileaks derruba embaixador americano

Políticos e analistas mexicanos comemoraram a renúncia do embaixador dos EUA no México, Carlos Pascual. Depois que o Wikileaks divulgou e-mails do diplomata, em que questionava a capacidade do Exército mexicano de combater o tráfico de drogas no país, sua permanência no cargo ficou inviável. Desde o ocorrido, Pascual teria perdido a confiança do presidente do México, Felipe Calderón.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.