Wikileaks diz ter ajudado Snowden a buscar asilo

O WikiLeaks, organização transnacional que publica informações confidenciais, disse neste domingo que ajudou Edward Snowden a buscar asilo político em um "país democrático", após ele ter saído de Hong Kong. "WikiLeaks deu assistência ao asilo político de Snowden em um país democrático, tratou de seus papéis de viagem e de que saísse com segurança de Hong Kong", disse o grupo no Twitter.

EQUIPE AE, Agência Estado

23 de junho de 2013 | 10h09

Snowden, ex-funcionário terceirizado da Agência Nacional de Segurança, revelou para o mundo a existência de programas secretos de vigilância mantidos pela administração do presidente Barack Obama, e estava em Hong Kong desde maio, após revelar o programa secreto ao jornal britânico The Guardian. Fonte: Dow Jones Newswire.

Mais conteúdo sobre:
EUAvigilânciaSnowdenWikiLeaks

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.