WikiLeaks leiloa bens para escapar de crise

O site WikiLeaks colocou em leilão no eBay vários objetos relacionados com seu fundador, o australiano Julian Assange. Os lances iniciais vão de US$ 315 por um saco de café da prisão onde Assange esteve detido em Londres em dezembro até US$ 6 mil por um computador portátil. O site, que já publicou mais de 250 mil documentos secretos norte-americanos, sofre com a pressão dos EUA sobre seus doadores e com divergências entre seus diretores. Esse será o primeiro de quatro leilões na internet.

, O Estado de S.Paulo

18 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.