WikiLeaks: McCain quis armar Kadafi

Segundo um telegrama secreto divulgado ontem pelo grupo WikiLeaks, o senador americano e candidato derrotado à presidência John McCain prometeu a um dos filhos do ditador Muamar Kadafi armas para o regime líbio. Em uma reunião em Washington em 2009, McCain disse a Mutassim Kadafi - "conselheiro de segurança nacional" do pai - que pressionaria o Congresso dos EUA para aprovar a venda do arsenal, que incluía aviões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.