WSJ: Câmara aprova impeachment de Blagojevich

A Câmara dos Deputados do estado norte-americano do Illinois aprovou por maioria a destituição do governador Rod Blagojevich, preso há um mês por acusações de corrupção, de acordo com o The Wall Street Journal. O processo de impeachment passará pelo Senado nos próximos dias. a sessão em que foi decidida sua destituição, Blagojevich foi criticado pela maioria dos deputados. Nenhum deles discursou em sua defesa. "Ele violou a constituição, as leis deste estado", disse a deputada republicana Barbara Currie, que presidiu o comitê de 21 legisladores que analisou o impeachment. "Todas as evidências mostram que ele perdeu o direito de chefiar o governo."Blagojevich foi preso no dia 9 de dezembro acusado de corrupção, incluindo uma tentativa de tentar "vender" o assento no Senado que pertencia ao presidente eleito Barack Obama. Em um comunicado divulgado na noite de ontem, ele antecipou sua destituição pela Câmara, dizendo que as regras da Casa "são falhas e tendenciosas e não observam a lei". Ele prometeu lutar por sua absolvição no Senado, onde "um juiz de fato presidirá as audiências". O governador disse acreditar que o resultado no Senado será "muito diferente."O deputado republicano Jim Durkin rebateu Blagojevich dizendo que o processo de impeachment foi justo. "Tínhamos que agir. Do contrário, teríamos abandonado nossas responsabilidades", afirmou. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.