Xanana Gusmão é eleito um dos 25 heróis asiáticos

O presidente eleito do Timor Leste, Xanana Gusmão, partilha com uma cantora de Taiwan, a dissidente birmanesa Aung San Suu-kyi e um gato de animação japonês a lista dos 25 "maiores heróis asiáticos vivos" divulgada hoje pela revista "Time". "O impacto profundo de suas trajetórias de vida e trabalho sobre aqueles que os rodeiam" é o critério da escolha dos heróis reunidos na lista, diz a edição asiática da revista. Sobre Xanana Gusmão, a Time diz que "a sua coragem, integridade e carisma fazem dele um herói nato" e que o povo timorense venera Xanana Gusmão como o herói que lhe devolveu a liberdade. "A história está cheia de revolucionários que fracassaram como líderes de um país, ou que pelo menos deixaram um legado duvidoso - Castro, Mugabe, Sukarno, Mao. Gusmão não tem a mesma auto-obsessão, por isso não é vítima da convicção muitas vezes destrutiva de que um só homem pode salvar uma nação", diz a revista.A capa da edição que publica a lista dos heróis asiáticos é feita com uma fotografia da cantora pop de Taiwan A-mei, cuja música marca um crescente traço de união entre a ilha e o continente chinês, apesar das rivalidades políticas entre governos. O herói mais inusitado é Doraemon, protagonista de uma série de animação japonesa, um gato azul e gordo que "inspira e alegra milhões de crianças em toda a Ásia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.