REUTERS
REUTERS

Xerife descarta mentira da família sobre balão nos EUA

Declaração do garoto de que eles 'fizeram isso para o show' levantaram dúvidas sobre o acidente

AE-AP, Agencia Estado

16 de outubro de 2009 | 18h00

O xerife do condado de Larimer, no Colorado, disse não haver indicação de que a família tenha mentido ao avisar os polícias que seu filho de seis anos estava a bordo do balão que levantou voo desgovernado, na quinta-feira, 15, no Estados Unidos. "Nós acreditamos que se tratava de um caso real. As pessoas são livres para fazer suas especulações", disse o xerife Jim Alderden.    

Se for descoberto que o episódio foi uma fraude, os pais podem ser acusados por fazer um relato falso às autoridades, uma contravenção branda, disse Alderden. O episódio resultou em uma grande movimentação de todo o país atrás do balão de ar quente, que voou sem controle pelos céus de Colorado, mas a criança estava escondida na garagem de casa.

 

 

 

Veja também:

link  Pai de menino do balão nega que drama tenha sido forjado

link  Após gerar comoção, garoto do balão é encontrado na garagem

Dúvidas sobre o incidente foram levantadas depois de o menino dizer: "nós fizemos isso para o show" durante uma entrevista ao vivo para a rede de televisão "CNN". Os pais do menino são caçadores de tempestade que participaram no programa de televisão "Troca de Esposas", da rede ABC.

O xerife reconheceu que os comentários do garoto "despertaram o ceticismo de todo mundo", mas que os investigadores não têm razões para acreditar que a odisseia do balão foi uma fraude. O xerife disse que a família será interrogada novamente no sábado, 17, sobre as declarações do menino.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbalãocriançamentira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.